Desilusão com as pessoas

Ao acordar, estava cansado, de ficar esperando
De ficar vagando, com minha mente passeando
pelos problemas que me vêm
e sobre vem…

Porém, eu compartilho minha dor com meus irmãos,
mas, com punhal estavam, em suas mãos,
e me atacam com vinte, cinquenta, sessenta e ate cem…
Assim, matam a minha alma e fere meu corpo que esta nu

Logo, dizem que foi sem querer, mas não vem a dor,
que sofro em demonstrar um amor que machuca
que finca sem parar.
que faz jorrar minhas lágrimas de sangue pela minha face…

Odeio, odeio, odeio, ser traído, machucado, desamparado
Meu coração doí e meu corpo formiga de tanta tristeza
Meus olhos ardem de raiva, mas não sinto nada!

Assim meu coração, fica separado, do amor.
E digo com franqueza:
“O que sinto é perda, é raiva ….

Foto por Inzmam Khan em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s